segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Amigos Inesquecíveis

Guilherme, amigo de infância, colégio e facú. Uma peça rara, de muito bom humor. Obrigada pelas lembranças boas que você e sua família me proporcionaram.
Bruno e Nana, amigos de infância e colégio. Dois corações bondosos. Duas almas boas. Meus confidentes, obrigada pelo apoio.
Meus irmãos e meu cunhado Manoel. Família doida (rsrsrs), mas família unida. Amo vocês.

Vivi, amiga que conheci no ABN. Minha confidente também e minha guia espiritual (apesar de você nem fazer idéia disso!). Obrigada pelos conselhos!
Florinda, amiga que conheci no ABN. Coração puro e bondoso. Como o seu não existe mais.
Paulinha, Tereza e Lise, amigas de facú. O que dizer dessas meninas que me aguentaram nos piores momentos da minha vida? Até hoje sei que posso contar com vocês. E saibam que vocês também podem contar comigo!
Kariny, Samantha, Jansen e Zé Leite, amigos de ABN e carnaval. Beijos especial para a Kaká, que nesse carnaval foi uma mãe, assim como a Jorgiana, que foi outra mãe. Ao Jansen, meu abraço sincero (rsrsrs). Obrigada pelo apoio quando precisei! Beijos

AMIZADE E CARINHO!!!!!
(*_*)==(*_*)==(*_*)
Ola linda amizade.....
Seja muito feliz!!
Vamos brincar?
Vamos brincar de faz-de-conta?
Faz-de-conta que o mundo é belo,
Você é meu rei, sou sua rainha
E nossa casa é um lindo castelo.
Vamos brincar?!
Faz-de-conta que o mundo é um jardim
Com brancas flores de jasmim,
E que o mar vem a areia beijar
Na esperança de nos encontrar.
Vamos brincar?!
Faz-de-conta que a lua
Fica cheia de inveja
E se despe, fica nua,
Minguando de pejo
Ao presenciar nosso beijo.
Faz-de-conta que pensamento
Traz mais perto a gente ,
Que com uma varinha
Podemos tudo transformar,
E que os passarinhos
Compõem lindas canções
Decoradas de corações
Pra nossa vida enfeitar.
Vamos brincar de faz-de-conta?!
Vou colher pra você uma cor
Roubando do mar o azul infinito,
Vou me cobrir com as vestes do amor,
Serei pra você um arco-íris bonito,
Presente,
Eternamente,
Sendo dos sonhos a verdade,
Transformando nosso faz-de-conta
Numa bela realidade!

Nenhum comentário: